Escleroterapia – Aplicação para vasinhos

Mais conhecida como aplicação, a Escleroterapia é usada para o tratamento dos vasinhos, também chamados de Telangiectasia ou varicoses.

A Escleroterapia visa fazer a “esclerose” do vaso, por meio da aplicação de uma substância esclerosante, que faz com que ele seque e, posteriormente, seja absorvido pelo organismo.

Existem várias substâncias esclerosantes que são utilizadas nesse tratamento, dentre elas a Glicose Hipertônica, que não causa alergia, é absorvida pelo organismo e minimiza as chances de ocorrer pigmentação. É importante ressaltar que a definição do esclerosante a ser utilizado será feita pelo médico, especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, de acordo com a situação do paciente.

Este procedimento permite o tratamento dos vasinhos de forma menos invasiva, sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica, por isso, é feita na própria clínica ou consultório.

A QUEM SE APLICA

Paciente com vasinhos (telangiectasia)

como funciona

  • O procedimento pode ser feito na própria clínica ou ambulatório;
  • Não há necessidade de internação e muito menos de anestesia, pois não se trata de uma intervenção cirúrgica;
  • A aplicação do esclerosante é feita através de uma agulha bem fina, dentro do vaso;
  • O número de aplicações para que se obtenha o resultado desejado, será de acordo do grau de acometimento das pernas. Somente o médico é quem poderá indicar a quantidade e o intervalo entre as aplicações, de acordo com a situação de paciente;
  • Depois do procedimento os vasos são gradualmente absorvidos pelo organismo e a pele vai, aos poucos, voltando ao seu estado normal.
  • Quando é feita de forma adequada, pelo médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, a técnica é muito segura e apresenta resultados muito efetivos.

recomendações, restrições e contraindicações

A escleroterapia não é indicada para:

  • Gestantes;
  • Mulheres que estejam amamentando;
  • Pessoas alérgicas às substâncias usadas no tratamento – verificação feita com o médico;
  • Pessoas com Doença Arterial.

Para mais informações, confira os artigos em nosso blog ou marque uma consulta com um médico, especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular.