Varizes

Comum na população, principalmente entre as mulheres, as varizes, ou doença varicosa, são veias anormais que ficam dilatadas, retorcidas e tortuosas, perdendo sua função e provocando diversos transtornos aos pacientes.

Popularmente elas são conhecidas como as veias altas e grossas, que são palpáveis e ficam em evidência nas pernas.

Além do desconforto estético, as varizes podem causar dor, queimações, inchaço, especialmente ao redor do tornozelo, sensação de pernas “cansadas” e, em casos mais graves, há o aparecimento de feridas (úlceras).

Os incômodos normalmente se agravam em períodos de calor, durante a gravidez, próximo ou durante a menstruação, ou quando a pessoa permanece por muito tempo sentada ou em pé.

Embora existam muitos mitos, a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular – SBACV, informa que a formação de varizes normalmente está associada a uma questão hereditária e pode ocorrer entre homens, embora seja mais comum entre as mulheres.

O certo é que muito além da questão estética e dos incômodos, as varizes caracterizam uma alteração do funcionamento da circulação no organismo, o que ao longo da vida pode desencadear problemas sérios de saúde, tais como tromboflebites (inflamação das veias por coágulo sanguíneo), tromboses venosas (coágulo sanguíneo em veia profunda), feridas de difícil cicatrização (úlceras venosas) e, até mesmo, embolia pulmonar (bloqueio das artérias pulmonares por coágulo sanguíneo). Assim, os sintomas causam grande desconforto e pioram a qualidade de vida dos pacientes.Por isso, embora não tenha cura, as varizes podem e devem ser tratadas.

O tratamento indicado dependerá da veia que será tratada e da situação do paciente. Existem várias opções de tratamento, entre elas: Cirurgia de Varizes, Aplicação com (Espuma Ecoguiada), Laser Endovenoso, entre outros.

Somente um médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular poderá fazer o diagnóstico correto, por meio de avaliação clínica e/ou ultrassonografia vascular (Doppler), para indicar o tratamento adequado para cada situação.

Tratamento

As varizes, ou doença varicosa, representam um problema na circulação do organismo que, se não for devidamente tratado, com o decorrer dos anos pode acarretar problemas de saúde mais sérios, tais como:

  • Úlceras – feridas de difícil cicatrização;
  • Tromboflebites – inflamação das veias por coágulo sanguíneo;
  • Tromboses venosas – coágulo sanguíneo em veia profunda;
  • Embolia pulmonar – bloqueio das artérias pulmonares por coágulo sanguíneo;
  • Entre outros.

Por isso, muito além da questão estética e dos incômodos que as varizes podem causar, o tratamento correto é fundamental para evitar o agravamento dos problemas de saúde.

O primeiro passo para o tratamento adequado é procurar um médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular.

O diagnóstico poderá ser feito com uma avalição clínica e/ou com a realização da ultrassonografia vascular (Doppler). A partir daí será feita a indicação da melhor forma de tratamento, de acordo com a situação.

Os tratamentos poderão ser:

– Casos mais simples podem ser tratados com o uso de meias elásticas e medicações para amenizar os sintomas.

–  Cirurgia de varizes convencionais: remoção das veias doentes através de técnicas cirúrgicas adequadas.

Aplicação com Espuma: consiste na aplicação diretamente nas varizes de uma substância esclerosante, em forma de espuma densa;

Laser endovenoso: nesse processo o laser faz a cauterização das varizes. Este tratamento normalmente está associado a outros e não é recomendado para pessoas bronzeadas ou de pele negra.

Embora não tenha cura, os tratamentos são muito eficientes e as varizes tratadas não voltam mais.

No entanto, por se tratar de um problema hereditário, outras varizes podem surgir. Daí a necessidade de realizar um acompanhamento periódico com um médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular.

Sintomas

As varizes, ou doença varicosa, podem ser assintomáticas, porém na maioria dos casos apresenta sintomas que trazem muito desconforto e tiram a qualidade de vida dos pacientes. A questão estética também é muito evidente, uma vez que as veias ficam altas, grossas e podem ser vistas a olho nu.

Em outros casos, as varizes podem causar muitos incômodos, entre eles:

  • Dor e queimação;
  • Inchaços, principalmente ao redor do tornozelo;
  • Sensação de pernas pesadas e cansadas;
  • Em casos mais graves pode ocorrer feridas (úlceras)

Os sintomas ficam mais evidentes nas seguintes situações:

  • Pessoa permanece por muito tempo em pé ou sentada;
  • Períodos de calor;
  • Durante a gravidez;
  • Próximo ou durante a menstruação.

É importante ressaltar que somente um médico, principalmente um especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, terá a capacidade de avaliar, fazer o diagnóstico correto e indicar o tratamento mais adequado.

Principais causas

Muitos são os mitos sobre as causas das varizes. No entanto, o aparecimento das varizes normalmente está associado a uma pré-disposição familiar, ou seja, a fatores hereditários.

Por outro lado, existem alguns fatores que podem potencializar e/ou antecipar o aparecimento das varizes. Ente eles estão:

  • Obesidade;
  • Má circulação;
  • Tabagismo;
  • Sedentarismo;
  • Uso de contraceptivos;
  • Tratamento para reposição hormonal.

Ao contrário do que se pensa, não há comprovação da relação entre o aparecimento das varizes e o uso de salto alto, da depilação, de carregar pesos ou de subir escadas.

É importante lembrar que somente um médico, especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular poderá fazer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado para cada situação.