Simples vasinhos ou varizes de grosso calibre? O que você tem?

Você sabia que varizes e vasinhos são problemas diferentes? E que  existem classificações e níveis de gravidade diferentes das varizes?

Os vasinhos, ou as telangiectasias, são pequenos vasos localizados abaixo da pele, de cor violeta ou rosa, elas se alastram como teias de aranha e provocam grande desconforto estético.

Já as varizes são veias anormais, que ficam dilatadas, tortuosas e retorcidas. Elas perdem a sua função e podem provocar dores e outros transtornos para os pacientes.

As varizes podem ter vários tipos e estágios, que variam de acordo com calibre das veias, edema, alterações da pele como pigmentações e feridas.

 

Mas, como saber qual o seu tipo?

 

Os sintomas podem variar muito. É possível, por exemplo, encontrar varizes grossas e que não apresentem quase nenhum sintoma.

E, por outro lado, ter apenas vasinhos e sentir vários sintomas. Há também casos em que a paciente apresente tanto vasinhos quanto varizes.

Para fazer essa “classificação” e avaliar a situação do paciente é necessário passar por exame clínico com o médico Angiologista e Cirurgião Vascular e, se necessário, realizar alguns exames complementares.

 

Qual o melhor tipo de tratamento

 

A partir do diagnóstico, o médico irá indicar o tratamento mais adequado, de acordo com o histórico de saúde do paciente e o nível de progressão das varizes ou dos vasinhos.

Em alguns casos, o médico pode sugerir técnicas combinadas, que apresentam um resultado muito satisfatório.

Conheça alguns dos tratamentos disponíveis:

Escleroterapia – CLIQUE AQUI

Tratamento com espuma – CLIQUE AQUI

Laser – CLIQUE AQUI

Laser e escleroterapia (ClaCs) – CLIQUE AQUI

Cirurgia – CLIQUE AQUI

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *