Escleroterapia com espuma – Tratamento de varizes com espuma

DEPOIMENTOS

A Escleroterapia, mais conhecida como aplicação, é uma forma menos invasiva de tratamento das varizes, que é capaz de “secar” ou “queimar” os vasos doentes.

A Escleroterapia com espuma é uma aplicação de medicamento, que ao ser bombeado em duas seringas forma uma espuma. Ao ser injetada esta espuma tem uma ação esclerosante, que irrita a parede do vaso e o elimina, fazendo com que sejam absorvidos posteriormente pelo organismo.

Este procedimento permite o tratamento de varizes mais calibrosas, sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica, podendo ser feita na própria clínica ou consultório.

A QUEM SE APLICA

  • Casos de varizes mais calibrosas – vasos maiores e também safena;
  • Pacientes com quadro de risco cirúrgico – que não têm condições de passar por uma cirurgia;
  • Pacientes que apresentam casos mais graves de varizes e que não podem se submeter a uma cirurgia convencional ou com laser;
  • Pacientes com quadro de úlceras e alterações na pele.

como funciona

  • O procedimento pode ser feito na própria clínica ou ambulatório;
  • Não se trata de um procedimento cirúrgico, por isso, não há necessidade de internação e muito menos de anestesia;
  • O ultrassom Doppler é utilizado para fazer a marcação dos vasos comprometidos e também para o acompanhamento, possibilitando ao médico ter mais precisão para conduzir o procedimento;
  • Antes de fazer a aplicação o medicamento é bombeado em duas seringas, formando uma espuma esclerosante;
  • A aplicação é feita nos vasos comprometidos, conforme marcação realizada através do ultrassom;
  • A espuma, ao ser injetada, irrita a parede dos vasos e os elimina – queimando ou secando;
  • Para ter o resultado desejado é necessário que seja feita mais de uma sessão de aplicação. Somente o médico é quem poderá indicar a quantidade e o intervalo entre as aplicações, de acordo com a situação de paciente;
  • Após a aplicação é feito um curativo para comprimir os vasos tratados ou uso de meias elásticas compressivas.
  • Depois do procedimento os vasos são gradualmente absorvidos pelo organismo e a pele vai, aos poucos, voltando ao seu estado normal.

recomendações, restrições e contraindicações

Recomendações ou restrições

  • Não é necessário parar suas atividades físicas.
  • O retorno e o acompanhamento após o procedimento é de extrema importância, para o acompanhamento adequado.
  • A indicação do procedimento é individual, por isso a necessidade de uma consulta prévia para uma avaliação criteriosa.
  • A técnica quando é feita de forma adequada, pelo médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, é muito segura e apresenta resultados muito efetivos.

A escleroterapia não é indicada para:

  • Gestantes;
  • Mulheres que estejam amamentando;
  • Pessoas alérgicas às substâncias usadas no tratamento – verificação feita com o médico;

Para mais informações, confira os artigos em nosso blog ou marque uma consulta com um médico, especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular.